Fernando Correa

Centro-Oeste, Brasil
2013 | (em desenvolvimento)

O projeto se insere numa grande capital brasileira com uma população pulsante, que se torna cada vez mais global. Um empreendimento de grande porte foi pensado para um público exigente, que possui raízes fortes na tradição de sua terra, mas urge por sofisticação e conforto. Com em atender estas pessoas, o projeto ergue sobre a capital um conjunto de edifícios com uma arquitetura elaborada para acolher todas estas relações. Além de um grande shopping center, dois hotéis e espaços de entretenimento se encaixam na malha da cidade, buscando as linhas urbanas existentes para suavizar a verticalidade do complexo.

Vizinho deste centro urbano, temos uma grandiosa Chapada, uma fratura no planalto com dramáticas cachoeiras, penhascos avermelhados e exuberantes paisagens. O bioma desse patrimônio escorre pela superfície da cidade através de seus rios e tangencia a inspiração conceitual da arquitetura. Ícone desta natureza, os peixes, em especial a piraputanga doa suas formas e para a volumetria das massas e para a decoração escultórica das galerias de varejo. Suas cores avermelhadas também ajudam a aquecer os sóbrios tons dos materiais contemporâneos aplicados. Largas fachadas envidraçadas também aproximam estes dois contrapontos para compor este trabalho.